quarta-feira, 3 de julho de 2013

De preferência, sem nevoeiro, pode ser?






O meu interesse por política resume-se quase só a uma análise informal e a uma curiosidade q.b das atitudes e comportamentos das pessoas que polulam na nossa pequena e mediática ribalta! Contra mim falo, assumo, já que uma certa dose de consciência política é saudável e deve fazer parte do nosso sentido cívico e de cidadania, quase como se, não a tendo, fossemos cidadãos um bocadinho mais amorfos, incompletos e, sobretudo, pouco dignos da herança sofrida, mas ganha, de liberdade, que as gerações antes da minha conquistaram. A falta desta vertente vincada, não me retira, no entanto, capacidade crítica, interesse e alguma (pouca, às vezes!) curiosidade para os fenómenos que nos envolvem, mas é como se os observasse de longe, dentro de uma "bolha" que flutua e é cheia de coisas e pequenos nadas, distantes, muito distantes de tudo o que caracteriza essas pessoas, políticas, da tal pequena e mediática ribalta...
Enfim, vou seguindo os fenómenos que se vão passando e às vezes vou  esperando ficar "inflamada" com personalidades que, de vez em quando surgem, assim, do nada, levando-nos atrás de si, para o bem e/ou para o mal, porque nos contagiam com a sua eloquência, capacidade de liderança, visão estratégica, de conjunto, ou de futuro... A história de "dentro de portas" e de "fora de portas", do passado mais remoto e do outro mais recente, está cheia, felizmente, de gente dessa e ainda bem, ufa, é sinal de que nem tudo está perdido.
E então, vou olhando à volta, mesmo com a minha vertente "morna" da política e vou pensando e desejando que apareça alguém assim...
Sebastianismo?? Acho que não!!! Este, ou esta, preferia que viesse sem o modo pseudo-fantasma, fosse bem real, nos arrebatasse nem que fosse só um bocadinho e nos fizesse de novo acreditar, ou pelo menos, respirar fundo, de olhos fechados e ... com ânimo!!
Ah, já agora, de preferência, que viesse sem nevoeiro, pode ser?



BOLHA (Arejada de conforto emocional...) E quando o dia foi hiper cansativo e sentimos que isso, mais o calor insuportável ...