segunda-feira, 14 de dezembro de 2015







SABORES

(daqueles que perduram em nós...)






E pronto, agora acho que vou ficar assim quietinha a digerir a ENORMIDADE de coisas boas que este dia teve. Com estas que ponho aqui e tantas outras, enchi o coração e agora preciso, a sério de digerir isto, assim como se estivesse ainda a saborear, de tão bom que foi.
Há dias felizes, mesmo...

  LEITE DERRAMADO Já estou submersa, naquela fase do meu trabalho em que só vejo papéis à minha volta e em que sinto que tenho ...