segunda-feira, 22 de outubro de 2018






RAIO DE SOL






És o filho mais parecido comigo, dizem. Tens a minha cara redonda e o nariz pequeno e (menos) arrebitado como o meu. Recebeste os genes loiros do teu avô materno, a sua constituição física e, dizem também, o seu feitio. Era um homem lindo, o teu avô. 
Também és genuíno e generoso como ele era. Tens uma capacidade de liderança natural e és extrovertido, simpático e sorridente. Costumo até dizer-te/dizer-vos que estas qualidades vos aproximarão sempre das pessoas e isso é ótimo.
És apressado e temperamental e a genética também explicará este fenómeno de semelhança com uma-pessoa-que-eu-cá-sei. Sei disto tudo e tudo guardo no meu coração elástico de mãe ao ver-te, todos os dias, crescer, crescer sem fim e tornares-te já o mais alto cá de casa. Também conheço os teus defeitos, um a um. Exaspero com eles e fico com os cabelos em pé quando eles te escondem atrás de si, sobranceiros e eu, tenho que os afastar para te ver. 

Sabes, Pedro... defeitos todos temos. Não poderia ser de outra maneira. Eles, os defeitos, trazem ao de cima o pior que somos e o pior que temos e às vezes, com o cansaço, a pressa, ou a preguiça de pensar sobre as coisas, deixamos que os defeitos nos tapem, já nem percebendo que atrás deles estamos nós, como o que de melhor somos e com o que de melhor temos. Deves sempre pensar sobre isto. Aliás, deves sempre pensar sobre tudo. O pensar sobre as coisas, devolve-nos intencionalidade e torna essas coisas, próximas, ou distantes. 
Hoje, a propósito de uma conversa que tivemos ontem cá em casa, apeteceu-me dizer-te isto. É que sabes? Apesar de seres já o mais alto cá de casa, ainda estás a crescer, a receber o mundo que te chega, lá de fora, em bruto, imediato, de rompante, cheio de ruído e de coisas que não interessam e cheio também de outras tantas, tão boas. 
E apeteceu-me também dizer-te que é importante que continues a ser sempre um raio de sol, esse raio de sol para a tua vida e para a dos outros que te rodeiam. Esse será o teu maior tesouro e eu, como tua mãe, TEREI O MAIOR DOS ORGULHOS.

LUV U!!

Sem comentários:

Publicar um comentário