quarta-feira, 10 de dezembro de 2014





GOSTO DE TI, PAULA...

T. 7 anos


Encontrei-a de fugida numa das lojas do Fórum. Falámos por breves minutos, mas adorei todos os pedacinhos de tempo em que ali estive, porque sempre que estou com ela sinto-me identificada e sinto que o que digo é compreendido, como se houvesse um código secreto de intenções e inferências percebidas por ambas. Nem tenho que me esforçar muito por explicar as razões profissionais disto e daquilo, foi sobre assuntos profissionais que prevaleceu a conversa, há sintonia e pronto e isso é tão bom e (já) tão raro nos dias de hoje.
Admiro-a muito profissionalmente e gosto do seu estilo pessoal também, sei que o que sente sobre a sua profissão é visceral, como aquilo que eu sinto... afinal, as vísceras, estão no mais fundo de nós, misturadas com a derme e epiderme e tecidos e músculos e tudo e às vezes inflamam-nos assim os sentidos...
Não tenho dias de desânimo, acho que não vou tendo tempo para isso, mas sinto sempre buscas eternas de sentido, como se tudo tivesse que ser fundamentado e gritado no fundo de mim. Há dias em que isso salta para fora de mim, aparece por todos os lados, dando-me norte, sul, este e oeste. Há outros dias em que a procura de sentido é maior e a sensação de estar perdida perdura mais tempo. É verdade, acho que pessoas assim como eu sofrerão mais, talvez... quem me manda ser assim tão necessitada de sentido? Podia ser mais fútil, não ligar tanto às coisas... Mas sou assim e pronto, não haverá nada a fazer... ADN's e afins, explicarão isto...

E hoje esse sentido apareceu, no meio de alguma turbulência, agitação e teimosia. Foi fugaz, mas não me escapou e tratei de lhe dar logo todo o sentido do mundo. Uma mãozinha sorrateira passou-me rápida pelo braço e, no meio de uma voz embargada e fugidia, que talvez não se quisesse fazer ouvir, saiu um GOSTO DE TI, PAULA, que me encheu a alma.
Não há outro sentido a procurar, digo-vos eu. Só este é mais que bom e obrigada, amiga, por me fazeres lembrar isso sempre que falamos disto!!





P.S. O título do post, também serve para ti...




PARIS ( Post escrito na última noite em Paris) Estamos a deixar Paris. Esta é a nossa última noite nesta cidade maravilhosa. Já cá t...