terça-feira, 21 de abril de 2015






Leituras...




E no mais fundo de mim, no meio do cansaço extremo, do desalento, das dificuldades, das rabugices, estás sempre lá tu, como um porto seguro. Sim, leio-te inteiro, como faço àqueles livros maravilhosos que me ocupam o tempo e de que tanto gosto e dos quais não abdico e sim, a leitura faz-me maravilhas... 
Mas disto, já tu sabias, não é? Apeteceu-me, hoje, só repetir...

  LEITE DERRAMADO Já estou submersa, naquela fase do meu trabalho em que só vejo papéis à minha volta e em que sinto que tenho ...