quinta-feira, 18 de maio de 2017





ATROPELOS

Há 15 dias que não escrevo aqui no blogue. Acho que é a primeira vez que passo tanto tempo sem escrever, mas de facto, tenho sido centrifugada com coisas para fazer e as réstias de energia desaparecem velozes, atrás da pressa das coisas. As sinapses cerebrais vão-me fazendo click para este, ou aquele assunto, mas tenho-me sentido esvaída de ânimo para vir aqui. Há fases assim, assim como há outras em que, de repente, tudo aparece em turbilhão e os assuntos vêm em catadupa, uns atrás dos outros. E se não têm faltado assuntos por estes dias!
Mas pronto, apesar da fase de sombras em que tenho vivido por estes dias e apesar de me sentir atropelada por um camião, às vezes, hoje o dia será teu e vestirei o fato que mais gosto: o de mãe. 
Este, vai servir-me sempre e essa sensação é impagável!






CONSISTÊNCIA (afinal, é uma palavra gira...) Hoje dizia a uma amiga que não me coíbo, muitas vezes, de me mostrar em desacord...